Digite o código para ir direto ao produto

Entrevistas

Fibra óptica tem demanda crescente

19/01/2015

0


O comportamento do usuário – conectado à internet em diferentes plataformas, por um tempo cada vez maior – tem transformado o setor de telecomunicações. Da criação de aparelhos específicos para o consumo de mídia (como smartphones de tamanho “plus”) até o desenvolvimento de aplicativos, uma série de setores passou a operar em função da crescente explosão dos dados. Nesse cenário, a fibra óptica é essencial.

“As mídias sociais, como Facebook e YouTube, demandam cada vez mais vídeo, que por sua vez demandam banda”, diz Foad Shaikhzadeh, presidente da Furukawa no Brasil. “E, na hora que demanda banda, não há dúvida que a fibra óptica, por sua própria natureza, é a que fornece redes à prova do futuro.”

O YouTube, maior site de vídeos do mundo, é o grande exemplo. Ele registra uploads de cerca de 100 horas de vídeo por minuto. E o Brasil, de acordo com a empresa, representa seu segundo maior mercado consumidor de vídeos, atrás apenas dos Estados Unidos.

Se por um lado é fácil chegar à conclusão de que o usuário vai exigir mais velocidade na internet – e que a fibra óptica atende a essa expectativa –, por outro, não é tão óbvia a forma como toda essa fibra chegará...

Documentos

Veja mais

Partner Sales | Estratégia para 2015

04/12/2014

0

Quais estratégias a empresa prepara para suprir as necessidades dos canais em 2015?  

A Furukawa está trabalhando em várias frentes. Além da logística e da capacitação de seus canais de instalação, estamos atuando fortemente em cinco outros pontos, a fim de atender a demanda dos nossos parceiros de negócios em 2015. A saber: 

 

  • Aumentar e melhorar o apoio do trabalho dos parceiros da marca, com  atualização da nossa política comercial,  redução do número de Canais não exclusivos e reforço na forca de vendas da Furukawa. 
  • Geração de novas Soluções de Valor Agregado. 
  • Migração das vendas de Produto para venda de Solução completa 
  • Investimento na marca Furukawa 
  • Foco e crescimento em novas verticais, ou novas oportunidades/nichos (Saúde, Rio 2016, Fenômeno Nuvem, etc.) e nas Regiões com grandes investimentos públicos e corporativos

Quais tendências de negócios e principais oportunidades que a empresa trará para os canais no próximo ano?  

Acreditamos que os Jogos Olímpicos de 2016 podem trazer várias oportunidades para a Furukawa e seus...

Veja mais

Demora em incentivo “congela” encomendas para a Furukawa

13/03/2012

0

Até alguns meses atrás, demanda não era problema para a Furukawa. Fornecedora das principais operadoras de telecomunicação do país, que vinham investindo em expansão e modernização de redes, a multinacional de origem japonesa viu seu faturamento crescer quase 60% em dois anos. Mas começou 2012 trabalhando bem menos do que esperava.

A causa está na demora do governo federal em cumprir a promessa de reduzir a carga tributária sobre as redes de fibra ótica – o material é uma das especialidades da Furukawa, que tem em Curitiba sua principal fábrica na América do Sul. As companhias do setor de telecomunicações passaram a suspender as compras no último trimestre de 2011, depois que o governo alardeou que baixaria os impostos, e só devem retomá-las quando os tributos forem de fato reduzidos.

Henry...

Documentos

Veja mais

A indústria está otimista com 2012, apesar da crise do euro.

17/01/2012

0

A economia nacional e a crescente demanda por banda larga fixa e móvel, aliadas a fatores como a entrada das teles no mercado de TV paga e o leilão de frequências para a LTE e a faixa de 450 MHz, devem manter os negócios em alta para os fornecedores de TI e telecom no Brasil em 2012. Para a área de TI, os analistas estimam crescimento em torno de 10%. Em telecom, as multinacionais fazem previsões mais cautelosas e trabalham com índices entre 5% e 10%, enquanto as nacionais são mais otimistas e estimam crescimento de até 20% no faturamento.

Um dos fatores importantes para a expansão do mercado de telecomunicações em 2012, na avaliação do ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, é o reajuste do salário-mínimo de 12% em janeiro, que deverá ter um impacto muito positivo nas empresas de telecomunicações. “A economia brasileira vai continuar crescendo no ano que vem. Com este incremento de renda, a classe C vai estar ávida por internet”, prevê. Este ano, assinala, a internet móvel cresceu 102% e a tendência é que o consumo aumente ainda mais no próximo ano. “As operadoras precisam ampliar os pacotes de serviços para este público”, afirmou em entrevista ao Tele.Síntese Análise.

TI e banda larga aquecidas

O crescimento interno é constatado por empresas de pesquisa, como a Gartner, que projeta para o setor de TI uma alta de 10%. De acordo com a empresa, o Brasil aplicará US$ 143,8 bilhões em TI no ano que vem e o setor de banda larga móvel...

Veja mais

A Furukawa aproveita a integração regional para crescer

07/10/2011

0

Em virtude da retração no início do ano e das flutuações de custo de matéria-prima, a receita líquida total da Furukawa Industrial Produtos Elétricos, subsidiária brasileira do grupo japonês, recuou 22,4% em 2009, somando US$ 132,4 milhões. Isso se deveu a uma forte variação nos preços e à tendência de apreciação do real, que acabou impactando a receita com exportações, que representam 20% dos resultados da unidade brasileira, segundo Foad Shaikhzadeh, presidente da Furukawa Brasil.

A fábrica da Furukawa em Curitiba, que opera desde 1977, produz diversas linhas de cabos metálicos e ópticos. Em 2008, o grupo inaugurou uma unidade na Argentina, dedicada a soluções ópticas de alta densidade. Toda a operação na América Latina é coordenada na sede administrativa de Curitiba. Foad conta que em 2009 foram executadas algumas ações da estratégia de crescimento regional, como a instalação de um centro de distribuição no Panamá, a contratação de representantes na Colômbia e acordos com canais e integradores em todos os países da região.

O presidente da empresa lembra que 2008 foi um ano financeiramente complicado, pois uma variação atípica do câmbio – quando o dólar teve altas em função de uma “histeria conjuntural” – impactou o endividamento em moeda estrangeira, com reflexos no balanço.A dívida...

Documentos

Veja mais