Digite o código para ir direto ao produto



Hospital Albert Einstein


Reconhecido como uma das melhores instituições de saúde do país, o Hospital Israelita Albert Einstein, localizado em São Paulo (SP), passa por uma fase de expansão desde 2006. Nesse ano, foi aprovado um projeto que segue o plano diretor da instituição, previsto para ser totalmente entregue até 2012. O objetivo é atender à crescente demanda das taxas de ocupação e atendimento externo com os mais altos padrões de qualidade. 

A Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein, instituição da qual o hospital faz parte, está expandindo sua área de atuação. Serão oferecidos leitos chamados universais, que podem ser transformados e adaptados de acordo com a necessidade do momento: seja para uma cirurgia convencional ou para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI), por exemplo. 

No que tange à tecnologia, o investimento em infraestrutura inclui uma central de CFTV integrada pela Servtec, que conta com equipamentos da Schneider e Pelco e Axis; uma central de prevenção de incêndios, fornecida pela MML e integrada pela Engeprotection; controles de acesso também integrados pela Servtec com produtos da Schneider, catracas Wolpac e leitores e cartões de acesso da HID; geradores de energia da Sotreq Caterpillar; ar condicionado também integrado pela Servtec, com centrífugas Trane e controladora Schneider; na parte de redes, a NEC forneceu os ativos – já o datacenter e o cabeamento ficaram por conta da Furukawa, tudo integrado pela ITC, integradora de soluções de TI e engenharia. 

A iluminação ficou por conta da Kahn, com projeto da light designer Esther Stiller. A integração realizada pela ITC envolveu os backbones de dados e de voz, fibra óptica, cabeamento horizontal (mais de 3 mil pontos), adequação ao CPD e adequação de infra-estrutura em geral. Somente na área de saúde, a empresa, fundada em 1994, possui 15 cases em todo o país. 

 

Circuito Fecha do de TV 

A solução de CFTV utilizada no hospital consiste em um Sistema de Gerenciamento de Vídeo Digital (DVMS). Essa ferramenta, uma plataforma chamada Digital Sentry, da Pelco, (empresa do grupo Schneider Electric), é baseada em uma solução de gerenciamento para grandes sistemas de vídeo sobre IP em que são agregados NVS (Network Vídeo Software) e storage (unidades de armazenamento de vídeo), de acordo com a necessidade de crescimento do parque instalado. Para um sistema implantado com quase 800 câmeras e que pode aumentar ao longo dos anos, era preciso apresentar uma solução robusta e ao mesmo tempo flexível. Por esse 

motivo, optaram por uma solução de NVS. No caso dos storage, a capacidade de armazenamento atual é de 24TB (Terabytes), mas essa capacidade pode aumentar na medida em que forem acrescentadas novas câmeras. Na sala de controle, estão instalados 16 monitores LCD de 15 polegadas e um de plasma de 42 polegadas. Nessas telas, é possível visualizar qualquer uma das câmeras, facilitando e flexibilizando a operação. 

 

Controle de Acesso 

O sistema, composto por equipamentos de última geração, permite o controle de entrada e saída dos 5.600 funcionários e dos 4.000 visitantes que circulam diariamente pelas unidades do Albert Einstein. Toda a movimentação é monitorada e trafega por cabos de fibra ótica até a central na unidade principal, no bairro do Morumbi.

Soluções utilizadas nesse projeto

  • ENTERPRISE
    ENTERPRISE

    Flexibilidade. Um sistema de cabeamento estruturado para edifícios corporativos que permite o crescimento dinâmico dos sistemas e espaços.

Outros Projetos

  • Galderma inova com solução CAT.6A em novo escritório Veja mais

    Galderma inova com solução CAT.6A em novo escritório

    Gestores de TI optam por infraestrutura de cabeamento estruturado de última geração, usualmente requerida pelos grandes Data Centers. Materiais de gerações anteriores descartados na modernização foram doados para a reciclagem através do Programa Green IT

  • Nova sede do SOS Cardio tem rede de última geração Veja mais

    Infraestrutura óptica da marca Furukawa garante alta disponibilidade e segurança para intenso tráfego de informações médico-hospitalares.